© 2019 Nó movimento em rede

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Vimeo Icon

A instalação Dupla Exposição coloca foco sobre a fluidez entre subversão e submissão, próprias de criações humanas que impulsionam modos novos de organização de pensamento individual e coletivo, diante da percepção da imposição de uma restrição. No processo de criação, códigos verbais referentes à técnica fotográfica são pré-estabelecidos e impostos como regras, delimitando as ações de artistas da dança, fotografia e música na composição conjunta de partituras de movimento, imagem e som. As partituras que compõem a instalação são, portanto, o resultado do modo como cada artista se relaciona com a dualidade entre subversão e submissão à regra, imposta no fazer compositivo conjunto. Dupla exposição trata de provocar a memória de artistas e público sobre a natureza humana de resistir ao domínio, de transgredir, criar e colaborar.

concepção: Andréa Sério e Cayo Vieira | direção: Andréa Sério | com Claudia Fantin, Nadia Foltran e Patricia Machado (dança); Cayo Vieira (fotografia) e Vitor Bertoldi (música) | realização: Nó movimento em rede, em parceria com o projeto de extensão Limites em movimento: corpo em questão – Unespar.